Depressão: Como e quando procurar ajuda médica

© Freepik.com

Fazer terapia e consultas com psicólogos/psiquiatras não precisa de ser somente em momentos de crise. Um acompanhamento com profissional da área pode também prevenir crises ou ensinar a lidar com elas da melhor forma. Porém, devemos procurar ajuda médica com urgência nos casos em que esse humor/sentimento depressivo permanecer durante duas semanas ou quando está a atrapalhar no trabalho/estudos, com a família e na vida social.

Como procurar ajuda?

Especialistas em saúde mental incluem psiquiatras, psicólogos clínicos, assistentes sociais e consultores licenciados de saúde mental, assim como o médico de família. Podes também verificar se a empresa em que trabalhas ou a universidade em que estudas oferecem serviços de apoio psicológico. Outras alternativas são recorrer ao teu hospital local, a centros comunitários de saúde mental e a um seguro de saúde.

Por outro lado, o SNS 24 oferece aconselhamento psicológico integrado na linha telefónica, através do 808 24 24 24. Está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, para todos os cidadãos utentes ou profissionais de saúde que se encontram a prestar cuidados de saúde.

Se és estudante universitário, podemos dizer-te que, na maioria das universidades e institutos politécnicos de Portugal, é oferecido um serviço de apoio psicológico mediante agendamento de consulta, com o intuito de prestar um auxílio para os estudantes e evitar burnout de estudos. Normalmente, este atendimento aos jovens é gratuito ou com um valor muito baixo por consulta.

É importante salientar que depressão é uma doença psiquiátrica e precisa ser tratado com profissionais da saúde mental competentes. No Portal da Depressão, podes ainda encontrar uma lista com mais canais de ajuda. Não precisas de sofrer em silêncio. Procura ajuda especializada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.