Dicas para uma boa saúde mental em 2022

A pandemia da covid-19, que está a afetar o mundo desde os últimos dois anos, desencadeou uma série de mudanças e novos hábitos na sociedade. Desde as quarentenas determinadas pelo governo, à imposição de teletrabalho, aulas online e ao distanciamento social, uma consequência verificada foi o aumento do isolamento dos indivíduos. Este isolamento, que foi especialmente notório em pessoas que vivem sozinhas, teve impactos adversos na saúde mental, a uma escala global.

©Freepik.com

Atualmente, apesar de vários especialistas acreditarem que o fim da pandemia está perto, o mundo ainda não regressou totalmente à normalidade. E muitos hábitos que surgiram com esta epidemia vieram para ficar. O uso frequente de máscara, o aumento de práticas de trabalho remoto e a redução dos contactos sociais – que eram muito mais frequentes na realidade pré-covid – são algumas das mudanças causadas pelo SARS-CoV-2. E estas mudanças, que causam a redução das conexões humanas, continuam a contribuir para o isolamento entre indivíduos até aos dias de hoje.

7 cuidados que podes ter com a mente

Deste modo, torna-se crucial implementar e manter certos comportamentos no quotidiano, de modo a promover uma boa saúde mental nesta fase da pandemia, que se espera ser a reta final. Assim, sugerimos-te algumas formas simples de cuidares da tua mente e do teu bem-estar:

1. Modera a informação que consomes

É importante estar bem informado. No entanto, um consumo noticioso excessivo pode ser contraproducente, causando ansiedade e pânico. Assim, limita a quantidade de informação que procuras diariamente (sobre a covid-19 ou sobre outros assuntos da atualidade), de modo que esta não se torne avassaladora, e tenta usar sempre fontes oficiais e credíveis.

2. Aceita as tuas emoções

Após dois anos de SARS-CoV-2, a fadiga pandémica já se faz sentir. Nas circunstâncias atuais, é possível que te sintas angustiado, stressado, revoltado, deprimido ou simplesmente cansado deste “novo normal”. Não reprimas as tuas emoções! Em vez disso, aceita o que sentes em dado momento e desabafa com um amigo, familiar ou profissional de saúde, pois a exteriorização desses sentimentos negativos irá ajudar a atenuá-los.

©Freepik.com

3. Cuida de ti

Tem uma alimentação equilibrada, um ritmo de sono regular e pratica exercício físico. Todos estes comportamentos irão ajudar a combater ou prevenir a ansiedade e a depressão e melhorar o teu estado de espírito, contribuindo para a tua saúde física e mental. Além disso, recomendamos que evites o consumo de drogas.

4. Estabelece uma rotina

Criar uma rotina diária é bastante útil, especialmente para quem se encontra em regime de teletrabalho ou de ensino à distância. A definição de horários fixos para acordar, fazer as refeições, trabalhar e ir dormir é benéfica, pois vai equilibrar as tarefas do teu quotidiano. Esta forma de disciplina é também vantajosa na medida em que garante que respeitas o teu ritmo biológico. 

5. Reserva tempo para os teus hobbies

No meio de todas as obrigações que precisas de cumprir, é importante que também reserves tempo para as atividades que te dão prazer. Agenda momentos destinados a ti próprio, em que poderás meditar, ler um livro, escrever, pintar, ver um filme ou uma série, ou qualquer outra atividade que te permita relaxar.

©Freepik.com

6. Mantém o contacto social

De modo a combater o isolamento já referido anteriormente, não te esqueças de socializar com as pessoas de que mais gostas! Faz planos com um amigo ou familiar, pelo menos uma vez por semana. A forma de conviver pode ser algo simples como uma caminhada em conjunto ou, se não for possível marcar algo presencial, tira proveito da tecnologia e contacta as pessoas que te são queridas através das redes sociais ou de uma videochamada.

7. Pede ajuda

Por fim, lembra-te que, em certas situações, a pessoa mais indicada para te ajudar a resolver um problema de saúde mental é um profissional de saúde. Se experienciares sintomas prolongados de ansiedade ou depressão, existem vários serviços disponíveis para te prestar apoio psicológico, como a linha SNS 24 (808 24 24 24) ou a linha Voz de Apoio (225 50 60 70). Além disso, podes também marcar uma consulta (presencial ou online) com um psicólogo ou um psiquiatra, que são os profissionais mais indicados para te auxiliar e dar aconselhamento de cariz psicológico.

Fontes:

https://www.medicare.pt/mais-saude/covid-19/saude-mental-isolamento

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/como_lidar_com_o_stress_durante_o_surto_de_codvid19_3.pdf

https://www.santander.pt/salto/como-cuidar-da-saude-mental

https://www.benegripe.com.br/saude/saude/como-manter-saude-mental-dia/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.